Evento da Secretaria de Educação mostra as possibilidades de inclusão e acessibilidade em Jataí, marcando a abertura dos cursos do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão que acontecerão durante todo o ano

571

A Prefeitura de Jataí, por meio da Secretaria de Educação promoveu nesta segunda-feira (27), uma roda de conversa com o tema “Atendimento da pessoa com necessidade educativa especial na cidade de Jataí”, no Centro de Cultura e Eventos Dom Benedito Domingos Cóscia, com o intuito de levar ao conhecimento da comunidade informações sobre as instituições que desenvolvem trabalhos na área da Inclusão e da Acessibilidade na cidade e ainda, com o objetivo de marcar o início dos cursos de formação continuada do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) da Secretaria de Educação, que serão realizados durante todo o ano.

Na oportunidade, estiveram presentes o prefeito de Jataí, Vinícius Luz, a secretária de Educação, Eliana Melo Machado Moraes, o vereador Major Davi Pires, os servidores da Educação Municipal e os representantes das instituições parceiras do NAI.

A roda foi composta por Kelly Suêmia Dutra Silva, coordenadora do NAI, Lissandro Franco de Moraes, professor da Casa da Criança Amor e Arte, Lorena Prado, fundadora e coordenadora do Grupo Autismo Jataí (GAJ), Léia Soares do Prado Gomes, diretora do Centro de Atendimento Especializado Érica de Melo (CAEE), Laura Silva Lima, coordenadora e psicopedagoga da Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE), Cleide Cabral, voluntária da Associação Pestalozzi de Jataí, Vanderlei Balbino da Costa, professor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Daniela França, Técnica em Assuntos Educacionais do Instituto Federal de Goiás (IFG), Karine Sânya Dutra Silva, professora da Subsecretaria Regional de Educação de Jataí, Ana Maria Ferreira Barbosa, secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Georgiane Nogueira Silva, coordenadora do Programa de Saúde da Criança e Adolescente e do Programa Saúde na Escola, representando a Secretaria Municipal de Saúde e Tauã Carvalho de Assis, diretor do Museu Histórico de Jataí, representando a Superintendência de Cultura.

O evento foi aberto com apresentações do coral e orquestra da Casa da Criança Amor e Arte, sob regência de Daniela Rezende, e com as apresentações de dança das crianças e adolescentes atendidas pelo Projeto Abelha.

Ao usar a palavra, a secretária de Educação, Eliana Melo Machado Moraes, deu as boas vindas a todos, direcionou alguns agradecimentos aos presentes e enfatizou que a secretaria de Educação tem trabalhado diuturnamente para atender bem as 10 mil crianças matriculadas na rede pública municipal, inclusive as que necessitam de atenção especial. Para isso, conclamou a todos para participar dos cursos de formação continuada de inclusão e acessibilidade, do NAI, que acontecerão durante todo o ano em parceria com as entidades presentes no evento. Eliana ainda informou que hoje 158 crianças são assistidas pelo NAI, em 40 unidades escolares.

O prefeito de Jataí, Vinícius Luz, ao fazer uso da palavra também agradeceu a presença de todos, em especial às instituições parcerias nos cursos de formação do NAI, que segundo ele, farão a diferença na vida dos colaboradores, das crianças e das famílias da comunidade jataienses. Ao final, Vinícius ainda reafirmou o seu compromisso com a Educação em Jataí reforçando que pretende cumprir, apesar das dificuldades, todos os compromissos que firmou com a comunidade nessa área.

A coordenadora do NAI, Kelly Suêmia Dutra Silva, enfatizou a importância das parcerias neste projeto, pois, segundo ela, uma educação pública de qualidade não se faz sozinho, se faz com a comunidade. Kelly ainda explicou o que é o NAI e como ele trabalha. Na ocasião ela ainda apresentou a estrutura do Núcleo que conta com o trabalho de psicólogas, pedagoga, intérprete, instrutora de libras e assistentes social, que juntas buscam valorizar e respeitar a diversidade e contribuir com a formação dos estudantes enquanto cidadãos e seres humanos.

Ainda durante o evento, as instituições integrantes da roda de conversa tiveram a oportunidade de mostrar aos presentes, o trabalho por elas desenvolvido e suas contribuições para a realização do trabalho realizado pelo NAI.