PROCON JATAÍ | Dia das Crianças: Procon alerta pais sobre segurança de brinquedos

Texto: Alessandro Luz
Arte: Dayner Costa

261

Nesta véspera do Dia das Crianças (12 de outubro), o Procon de Jataí dá dicas para a compra de presentes que não coloquem as crianças em risco.

1) Observar, na embalagem, se o brinquedo é indicado para a faixa etária da criança.
2) Ficar atento se o brinquedo tem o selo de certificação do Inmetro. Se tiver, o brinquedo passou por testes de qualidade e segurança antes de ser inserido no mercado. Produtos que estão fora da conformidade e que não possuem o selo do Inmetro trazem o risco de haver partes pequenas que, ao se desprenderem, acabam sendo engolidas ou inaladas, causando sufocamento – partes cortantes, às vezes não aparentes, podem causar ferimentos. Outro risco dos brinquedos sem certificação é a possibilidade de propagar chamas ou emitir ruídos exagerados.
3) Evitar comércio paralelo, que não emite nota fiscal e não garante a segurança do brinquedo, que pode ser nocivo à saúde. O consumidor deve exigir sempre a nota fiscal.
4) Observar, nas compras pela internet, se o site é seguro e a empresa confiável (CNPJ, endereço físico, telefone), o prazo de entrega e os valores agregados, como juros embutidos, por exemplo.

Essas medidas evitam frustrações e dores de cabeça ao consumidor.

O Procon também chama atenção para alguns números. Em pesquisa on-line feita, recentemente, pelo Procon-SP “cerca de 70% das pessoas declararam que o desejo da criança (39,6%) e o preço (32,3%) são os atributos mais importantes na hora da escolha. A segurança ficou em terceiro lugar (28%)”. Também é alarmante o fato de apenas 20% considerarem imprescindível o brinquedo ter certificado do Inmetro.

Seja um consumidor consciente, coloque a segurança da criança em primeiro lugar.

Qualquer problema, o Procon está sempre pronto para defender seus direitos.

PROCON DE JATAÍ
(64) 3632-4035 / 3632-4059
Riachuelo, 1998 (próximo ao Vilelão)